Consulta de Sexologia - Porquê, Quem e Como?


A Sexologia Clínica é praticada geralmente por alguns psiquiatras e psicólogos com especialização em sexologia clínica (por vezes chamados sexólogos) e visa uma intervenção nas problemáticas relacionadas com a vivência da sexualidade.


A Organização Mundial de Saúde estabelece a saúde sexual como um Direito e considera a satisfação sexual como sendo de grande importância para o Bem-estar geral.


Nestas consultas podem ser abordadas temáticas tão variadas como a identidade de género, os inúmeros problemas relacionados com a sexualidade e com comportamentos sexuais, a orientação sexual e as disfunções sexuais.

A sexualidade de cada um é algo que ao próprio diz respeito e, como tal, cabe a cada um zelar pela sua saúde, satisfação e bem-estar sexual. Uma vez em Interacção com outros, deve ser respeitada a livre escolha, a saúde física e psicológica, a satisfação e o bem-estar dos outros.


A consulta de sexologia pode ser individual e abordar as questões que cada pessoa julga serem importantes para si, e/ou para o seu bem-estar com os/as parceiros/as. Pode também ser feita com os parceiros envolvidos na relação sexual. Não se esqueça que um bom entendimento sexual torna os relacionamentos mais gratificantes.


Algumas das queixas mais frequentes na consulta são:

No Homem – Ausência ou dificuldade na ereção ou na sua manutenção; ejaculação precoce.

Na Mulher - Baixo desejo sexual; dificuldade em atingir o orgasmo; dor na penetração.


Estas e muitas outras queixas sexuais podem ter inúmeras causas, algumas orgânicas ou causadas pelo efeito de medicação tomada para outras patologias, outras podem ser psicológicas, neste caso, na maior parte das vezes relacionadas com questões emocionais, crenças, factores educacionais e/ou ambientais.

Por vezes as causas são apenas de origem psicológica, outras vezes, há causas orgânicas, que por sua vez podem originar problemas psicológicos, pelo que ambas estão presentes. Recomenda-se por isso consulta médica para exclusão, ou não, de causas orgânicas.


Os órgãos genitais e os órgãos dos sentidos são fundamentais, necessitam de estar minimamente funcionais e de aprendizagem e treino, mas os nossos pensamentos, crenças e emoções influenciam o nosso bem-estar, nomeadamente o bem-estar sexual. Por isso as sessões decorrem através de conversas sobre as mais variadas questões relacionadas com a queixa, a sua história e o impacto na vida da pessoa (ou dos intervenientes na relação). Estas questões permitem avaliar e simultaneamente intervir, esclarecendo, desafiando e sugerindo tarefas que serão feitas posteriormente num espaço e tempo preferenciais


11 visualizações

Copyright 2019 espsial.com